Intercâmbio familiar: pais e filhos juntos no aprendizado e na diversão

Já pensou em transformar aquela tradicional viagem em família em uma oportunidade para aprimorar um idioma estrangeiro ao mesmo tempo se divertir? Cada vez mais, pais e filhos têm aproveitado os programas de intercâmbio para compartilhar experiências e voltar com uma boa bagagem cultural que pode gerar bons resultados profissionais e acadêmicos. Estudar no exterior tem sido mais acessível aos brasileiros, que mesmo com a alta do dólar não desistem desse investimento optando por países onde o valor da moeda seja menor. Entretanto, a primeira providência é planejar e dedicar tempo a isso, muitas famílias passam mais de 1 ano debruçadas nessa função. Colocar os passaportes em dia, recolher e organizar documentos, ver os detalhes. Parece óbvio, mas o tempo pode se tornar um inimigo em procedimentos simples como o visto. Voltado para pais que desejam compartilhar novas experiências com os filhos e, ao mesmo tempo, se divertir, aperfeiçoar o idioma ou fazer um curso de especialização para melhorar o currículo, o programa tem duração média de duas a quatro semanas e atividades personalizadas para cada faixa etária.

De acordo com Bárbara Coelho, diretora da Wide Intercâmbio, o primeiro passo desse planejamento é ter em mente o país que se pretende visitar, as preferências em relação ao clima, o tempo disponível, idioma que se deseja aprimorar e o dinheiro para investir; esse perfil é o ponto de partida para encontrar o destino mais adequado, de acordo com as expectativas de cada cliente. Segundo ela, o Canadá tem sido o país número 1 para intercâmbio. Vários fatores contribuem para a alta procura: o câmbio favorável, a facilidade do visto e o custo de vida mais baixo. “Vancouver é mais procurada devido ao clima. O inverno é menos rigoroso do que em outras regiões. Em seguida vem Toronto, que é a maior cidade e tem voos diretos do Brasil”, explica. Os Estados Unidos estão em segundo na lista dos brasileiros. Quem viaja com crianças prefere as cidades da Califórnia ou da Flórida. “As pessoas querem aproveitar essa experiência para fazer atividades de lazer”, conta. Combinando interesses é possível aproveitar o período para conhecer novas culturas e pontos turísticos de cidade famosas como Londres (Inglaterra) e Toronto (Canadá), bastante procuradas para programas de intercâmbio em família graças à ótima infraestrutura, segurança e boa qualidade de ensino. “Uma família que estuda junto aprende mais e, depois das aulas, ainda tem tempo para aproveitar as férias conhecendo o país”, comenta a empresária Bárbara Coelho, à frente da Wide Intercâmbio.

Ainda segundo ela, neste tipo de programa, a experiência também é sob medida para cada família. “Se todos não estão no mesmo nível de conhecimento do idioma estrangeiro, basta adaptar a viagem sem dividir o time. Enquanto os filhos têm aulas voltadas para sua faixa etária, os pais se aperfeiçoam com metodologias para o mundo dos negócios ou às próprias necessidades. Entre os cursos mais procurados por famílias brasileiras estão os de inglês com especialização relacionada à área de trabalho para os pais e escolas primárias e de segundo grau para os filhos”, pontua a profissional. Também, é importante lembrar que a viagem familiar de intercâmbio é diferente de uma viagem comum de turismo. Todos devem se esforçar para tirar o máximo possível de proveito do novo ambiente para se aprofundar na cultura local e colocar o aprendizado em prática. “A família deve buscar o máximo de interação com colegas de curso e nativos para que a prática seja contínua e não ter medo de tentar e errar, afinal, são programas realizados em cerca de 30 dias, um curto período.” Para isso, existem diversas alternativas, como ler jornais e revistas, assistir a noticiários e à programação local, ir ao cinema e visitar museus e, principalmente, fazer amizades com moradores da região, o que garantirá a prática do idioma.

Foto: Reprodução / Internet

     

Link curto desta publicação: https://sland.site/2kmHocq

Você também pode gostar

Nova agência de intercâmbio desembarca no Recife

Consolidada na região Sudeste, a WEST 1 agora chega ao Nordeste. Após abertura de unidade em Natal, …

X