4° edição do congresso Future ISP chega em Pernambuco

A internet que chega à casa dos brasileiros movimenta o mercado de provedores, telecomunicações, fornecedores de tecnologia, cabeamento, entre outros. Todos esses setores se encontram no Congresso Nacional de Provedores e operadoras regionais de telecomunicações, Future ISP, que pelo 4° ano consecutivo atrai os principais players da indústria ao Centro de Convenções Pernambuco, em Olinda.

O evento integra o mercado e visa criar um ambiente para que empresas e profissionais desenvolvam novos negócios a partir das atividades propostas em mais do que isso, terminem a maratona de painéis e palestras prontos para colocar os ensinamentos em prática – no atendimento ao consumidor, manutenção e implementação de melhores práticas.

“O Future ISP surgiu da necessidade de eventos tecnológicos que contribuíssem de forma mais incisiva na formação do empresariado e menos foco na distribuição de canetas e agendas. Em um mercado em pleno crescimento e com potencial de expansão, é incoerente continuar utilizando modelos de 10 anos atrás. Nós construímos um evento de alto nível, com palestras relevantes, workshops e rodada de negócios, atendendo aquilo que o setor realmente espera”, conta o idealizador do Future ISP, o empresário David Marcony.

Consolidação do mercado

Pequenas e médias operadoras regionais de internet responderam por 73% das novas adições na base de banda larga. Segundo dados da Anatel, a estimativa representa o acréscimo de 1,2 milhão de acessos à banda larga fixa no Brasil, superando o impacto de grandes empresas do setor. Os resultados são reflexo de um processo de democratização da internet impulsionado pelas inovações tecnológicas – sobretudo, as desenvolvidas nacionalmente.

Seja nas grandes capitais, periferias ou zona rurais, os grandes provedores não conseguem suprir a demanda por um serviço de banda-larga eficiente e com melhor custo-benefício. O cenário explica o crescimento e consolidação de pequenas e médias empresas que – com atendimento focado, treinamento e tecnologia – alcançam tanto os locais mais afastados, tanto o nível de qualidade esperado.

* Leia também:  Sanches realiza sua primeira exposição solo

Pequenos e médios provedores se tornaram uma parte importante para o setor e encontram um cenário efervescente de novas oportunidades de negócio. O contínuo avanço criou a necessidade de atualização constante e de informações de qualidade sobre o setor – assim como uma plataforma para que as empresas apresentem serviços, compartilhem experiências e façam o networking necessário para o fortalecimento do mercado tanto em nível regional, como nacionalmente.

Future ISP 2019

Diferente de outros setores que se encontram estagnados, o mercado de provedores de internet – sobretudo, regional – está em plena expansão e com potencial para manter a curva de crescimento ascendente em 2019. Logo, este será um dos temas principais das discussões durante esta edição do evento. O congresso espera reunir mais de 12 mil participantes no Centro de Convenções Pernambuco para uma imersão sobre o setor – inovação, profissionalização e networking.

* Leia também:  Ame Laroc Festival 2020 divulga atrações por dia e promete grande espetáculo no Carnaval

Além disso, o evento possibilita que os participantes apresentem aplicações, serviços e soluções para grandes players da indústria e entendam melhor os seus papéis por cada região – e isso é a chave para manter o crescimento do setor e o interesse na profissionalização das operações regionais, que têm um importância vital na manutenção do ecossistema do mercado de provedores.

Outro diferencial do Future ISP é a visão global do mercado e, especialmente, dos profissionais que compõem o setor. Este ano, mais uma vez, o evento contará com o Espaço Mulher – que visa atender as demandas específicas das muitas mulheres que constroem o mercado de tecnologia no Brasil. A iniciativa promovida em conjunto pelo Future ISP e a Meira ISP, empresa comandada pela engenheira Ana Paula Meira, contará com uma série de debates sobre temas como carreira, mercado de tecnologia e vida pessoal. 

“Temos visto que a participação da mulher tem se tornado maior e mais significativa dentro dos provedores e empresas da área de telecomunicações. Cada vez mais atuantes, elas estão conduzindo, administrando, gerindo e tomando as decisões nas instituições. Pensando nisso, foi criado o Future ISP Mulher. Um ambiente todo preparado para que elas se descubram, se aprimorem, se empoderem e, assim, conquistem cada vez mais espaço no mundo das Telecomunicações”, explica a profissional.

* Leia também:  Recife recebe workshop que une espiritualidade aos negócios

Lançamentos

O Future ISP também é palco dos principais lançamentos tecnológicos que vão influenciar o setor ao longo do ano.

Essa edição receberá a Padtec, que apresentará a nova geração de amplificadores ópticos mais compactos do mercado, inclusive os modelos híbridos, projetados para a faixa de frequência da Banda C+ e quantidade de canais de transmissão 20% maior em relação à geração anterior.  Além disso, o modelo híbrido oferece uma nova funcionalidade de teste automático, que verifica as condições das fibras ópticas ao longo da rota antes de bombear sua potência máxima de transmissão.

A Parks levará aos visitantes a ONU GPON Wi-Fi AC, que possui Wi-Fi AC1200 para o atendimento de planos de internet residenciais que exigem banda-larga e cobertura wi-fi cada vez maior. Na parte de apps, a empresa lançará o App Parks Easy Mobile, que possibilita o provisionamento, monitoramento e testes de banda diretamente em smartphones Android e também a linha de equipamentos DWDM de grande capacidade – parceria com a empresa Indiana, Tejas Network.

O evento ainda contará com novos softwares como a solução da Technobox, TechnoDNS, que proporciona redução de latência, suporte 24 horas e proteção contra-ataques DDOS, além da gravação de logs dos usuários. Já a Prysmian levará os cabos ópticos para instalação aérea com tubo único (ASU), que prometem excelente desempenho para instalação aérea autosuportada para vãos de até 120m com até 24 fibras ópticas podendo ser instalado na rede urbana ou rural. Devido a fibra óptica e cabo óptico fabricado no Brasil possibilita excelente prazo de entrega e benefícios fiscais com alíquota isenta de IPI e com certificação de homologação Anatel.

Inscrições: clique aqui.

Link curto desta publicação: https://sland.info/2PpBIyM
Tags
Mostrar mais

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative o seu Adblock para um melhor funcionamento do site.