Cervejaria Madalena e a história de crescimento da empresa de cerveja artesanal

No dia 1 de setembro de 2013 o advogado Roberto Leonessa, ao lado de alguns sócios investidores, inaugura a primeira cervejaria artesanal do Grande ABC, a Madalena. Seis anos depois, a marca já está entre as cinco maiores do segmento no Brasil e o empresário busca a liderança do mercado artesanal.

A veia comercial de Leonessa foi herdada do avô, que desbravou o Centro de Santo André com o primeiro comércio de secos e molhados. A escolha em abrir uma cervejaria artesanal foi por meio de pesquisa para identificar um novo nicho de mercado e oportunidade em uma época onde as cervejarias premium já ganhavam espaço e interesse dos consumidores.

Empreendedor, Leonessa buscou parceiros para formar o novo negócio, que começou numa folha de papel. No princípio muita resistência, mas com o tempo sobrou candidatos para a empreitada. Com o grupo formado, iniciou-se a busca pelo nome do produto. “Homenageamos a boemia do bairro Madalena e principalmente as mulheres, que são grandes apreciadoras da bebida e a válvula propulsora do mundo”, afirma Leonessa.

* Leia também:  Cervejaria Madalena e Swift selam parceria com paixões nacionais
Fotos: Divulgação

Outro grande desafio para tornar a Cervejaria Madalena um produto rentável foi entender o mecanismo de administração de uma indústria. Instalada em um terreno de 6 mil m2, sendo 4 mil m2 de área construída, a empresa sempre investiu em tecnologia e no processo produtivo. Atualmente a produção é praticamente toda automatizada, o que garante uma qualidade constante em todos os produtos. “Acabamos de investir em um equipamento de centrifugação de última geração, encaixotadora de garrafas, linha de envase de latas e barris, tudo automatizado”, afirma Leonessa.

A fábrica tem capacidade de produzir 120 mil litros por mês e produz cerveja Lager, Ipa, Doble Ipa, Session Ipa, Weiss, Stout, Amber, Bock, Shandy Lemon, Black Lager, Bohemia Pilsen, Witbier, e vários outros estilos sazonais. Os produtos são oferecidos em garrafas, latas e barris de chope, sendo 50% garrafas e latas e 50% barris de chope.

A bebida já é comercializada em mais de 1000 pontos de venda ativos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais, Amazonas, Paraíba e Maranhão.

* Leia também:  4° Prêmio Compliance Brasil homenageia empresas em sintonia com Leis e Sociedade

A marca está presente em muitos eventos, na sua grande maioria no Estado de São Paulo, com seus modelos de tendas, Beer Truck, Beer Bike, Caminhão Big Foot, Ônibus Americano escolar Bar, um Ford 1929 e Triciclo Piagio 1962.

A sede da indústria também funciona como um espaço para eventos e para visitação das instalações da produção. Abre para o público de quinta a sábado, com música ao vivo e comida, além de eventos que reúnem – como o Madalena BBQ -, mais de 4 mil pessoas, em um único dia.

De acordo com Leonessa, a Cervejaria Madalena está em constante aprimoramento para melhorar a qualidade dos produtos e serviços, além de sempre ter planos de expansão visto que esse mercado premium só cresce no Brasil. “Para este ano, a marca terá lançamento de novos produtos e embalagens”, diz.

* Leia também:  Mês de ofertas na rede FriSabor

A Cervejaria Madalena tem uma parceria social com a Prefeitura de Santo André, doando alimentos arrecadados em eventos para o Banco de Alimentos da cidade. Também realizam feiras de adoção de animais e fazem uso de água de reuso para limpeza da fábrica. Atualmente a empresa emprega 45 colaboradores.

Endereço: Rua Araçatuba,137, Santa Maria, Santo André.
Tel.: (11) 4800-0500

Link curto desta publicação: https://sland.info/2MwwfHZ
Tags
Mostrar mais

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative o seu Adblock para um melhor funcionamento do site.
Abrir Chat
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem?
Como podemos ajudar?
Powered by