Cine PE comemora 20 anos e divulga programação completa

O Cine PE chega à 20ª edição e, em 2016, acontece entre os dias 2 e 8 de maio, no Cinema São Luiz, para onde voltou no ano passado. Longas de ficção e documentários estarão juntos na Mostra Competitiva de Longas-Metragens, que reúne seis filmes nacionais, com diversas estreias no Brasil. A Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Pernambucanos apresenta nove filmes e a Mostra Competitiva de Curtas-Metragens Nacionais, nove. Os ingressos custarão R$5.

Inscreveram-se este ano 575 filmes, sendo 501 curtas e 74 longas. “Tive o prazer de assistir a 31 curtas pernambucanos, nas diversas categorias. Jovens talentos estão surgindo no nosso cinema. Surpreendeu-me observar o quão universal estão os projetos produzidos por estes jovens. Fala-se de “estiagem”, de “seca”, mas também se produz roteiros ricos na dramaturgia existencial dos personagens, nos conflitos sociais e políticos. Foi uma rica experiência e concluo este processo seletivo com um sentimento de felicidade por poder entregar uma grade de filmes pernambucanos para uma plateia que, como sempre muito crítica, saberá reconhecer os méritos dos quais exalto aqui”, diz Sandra Bertini, diretora do Cine PE.

* Leia também:  Ingressos antecipados para o Cine PE 2016

Sobre a seleção de longas e curtas nacionais, o crítico Rodrigo Fonseca aponta o tom de valorização do lirismo e do humor. “Vários filmes, mesmo os documentais, estão buscando o lado lúdico e lírico da arte. O coletivo de filmes dessa edição espelha essa tendência, que tenho identificado nos filmes brasileiros desse ano em geral. Uma busca pela leveza do sonhar e pelo humor. Os curtas têm esse mesmo traço de valorização do riso, do sonhar e do imaginar. Esses são os pontos centrais do Cine PE de 2016, que tentou valorizar autores já consagrados, como é o caso de Walter Carvalho, Paloma Rocha e Luiz Rosemberg Filho, e também apontar jovens talentos que gravitam do curta para o longa, como é o caso do Rodrigo Grota, que estreia com a gente seu primeiro filme de fôlego longo, que é o ‘Leste Oeste’”, diz Fonseca, que também destaca “Das Águas Que Passam”, de Diego Zon, que foi exibido na mostra oficial de curtas do Festival de Berlim, a Berlinale Shorts. Entre os longas em competição, três são 100% inéditos no Brasil: “Leste Oeste”, “Guerra do Paraguay” e “Por Trás do Céu” (veja lista completa abaixo).

* Leia também:  Cientista da NASA realiza palestras no Colégio Santa Maria

Além da mostra competitiva, a vigésima edição do festival vai contar com a exibição de três filmes Hour Concurs. São eles: “Vidas Partidas” (RJ), “Pedrinho e a Chuteira da Sorte” (PE) e “Vampiro 40 Graus” (RJ), este último com sessão especial às 23h59.

O QG do festival será no Hotel 7 Colinas, em Olinda, onde acontecerão os debates e seminários. O hotel também vai receber os convidados e a imprensa especializada de todo o Brasil. Os debates dos filmes serão sempre na manhã seguinte à exibição e os seminários/wokshops ocuparão o período da tarde, tratando de temas atuais que envolvem o setor do audiovisual. Entre eles, destaque para uma sessão relativa aos resultados do mais recente Rio Content Market, com o apoio do BNDES.

Programação completa no www.cine-pe.com.br

Link curto desta publicação: http://sland.site/1YSa0bd
Mostrar mais
Você também pode gostar
Fechar

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative o seu Adblock para um melhor funcionamento do site.