Claudio Sassaki debate inteligência artificial e learning analytics no I Fórum EdTech

O mercado global de Educação tem apontado a inteligência artificial como tecnologia-chave para levar inovação ao ambiente escolar. Nesse contexto, o learning analytics, abordagem de análise que mede o processo de aprendizagem, ocupa o primeiro plano pelo potencial de gerar informações essenciais a um salto qualitativo na aprendizagem do estudante. Nas mãos de alunos, professores, gestores e família, os dados trazem transparência e diálogo ao ambiente escolar, além de produzir evidências de aprendizado para avaliações de novas competências demandadas, inclusive, pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para debater o tema e apresentar o case Geekie – empresa referência no Brasil e no mundo em educação com o apoio de inovação – Claudio Sassaki, mestre em Educação pela Universidade de Stanford, participará do I Fórum EdTech.

Pesquisador independente de Educação e empreendedor, Claudio Sassaki é um dos convidados do painel A inteligência artificial e learning analytics, em 29 de março, às 10h50.Mediado por Carlos Henrique Safini dos Reis, vice-presidente de Tecnologia e Transformação Digital da Kroton, o debate contará, ainda, com a presença de Pavlos Dias, especialista em Inovação e Empreendedorismo. I Fórum EdTech integra o GEduc – congresso dedicado à alta gestão das instituições de ensino particulares do Brasil.

A edição 2019 do congresso, que é destinado à alta gestão das instituições de ensino particulares do Brasil, reunirá mais de 600 congressistas em São Paulo, de 27 a 29 de março. O evento, realizado anualmente pela HUMUS, trará conteúdos de relevância para o cotidiano das escolas e IES presentes no encontro. Com o tema Educação 4.0 – A Revolução nas Instituições Educacionais, o evento conta com encontros do setor como Congresso Brasileiro de Gestão Educacional; Fórum dos Líderes Educacionais; Fórum de Gestão da Educação a Distância; Fórum de Inovação Acadêmica; Jornada de Marketing Educacional; Fórum EdTech; Fórum de Gestão de Pessoas; Colóquio Educação Básica; e Colóquio Ensino Superior.

Evidências para suporte pedagógico

A análise de dados e a tomada de decisão com base em evidências é um dos pilares da visão pedagógica defendida pela Geekie. Com o Geekie One – a solução de aprendizagem mais completa da empresa –, as avaliações se tornam instrumentos de coleta de evidências de dados sobre a aprendizagem e, acima de tudo, para a corresponsabilidade. Nesse sentido, os dados são ponto de partida para diálogos e reflexões; eles embasam decisões pedagógicas que garantem o alcance das expectativas de aprendizagem definidas. Isso acontece de forma transversal entre estudantes e famílias – que acompanham o desenvolvimento individual e da equipe docente. 

“Com a experiência do atendimento de mais de 12 milhões de alunos e 5 mil escolas públicas e privadas, posso afirmar que um dos aprendizados da Geekie é que a tecnologia a serviço da educação se torna mais poderosa quando está nas mãos dos professores. Com avanços tecnológicos exponenciais, o desafio é direcioná-los para levarmos a educação a um novo patamar. Não se trata de automatização, mas da possibilidade inovadora de personalizar, canalizar o tempo dos educadores e gestores para o que realmente importa – e utilizar os recursos e metodologias capazes de apoiar uma educação coerente com as necessidades dos nossos alunos”, analisa Claudio Sassaki. De acordo com o especialista, as tecnologias trazem benefícios exponenciais para os alunos quando compartilhadas também com os professores. Um computador nas mãos dos professores, por exemplo, elevou as notas dos alunos brasileiros no PISA em 2,7 pontos.

No Geekie One, os benefícios para os estudantes se traduzem em maior organização – mais facilidade para retomar as atividades e organizar estudos –; autonomia e responsabilidade (acesso a informações precisas sobre as atividades disponibilizadas no Geekie One); e motivação para aprender. “Quando pensamos que esse aluno vivencia a autonomia para gerenciar o processo de aprendizagem, vemos que não estamos falando em dados para o efeito de vigilância e cobrança; estamos falando em dados que constroem diálogos produtivos para decisões pedagógicas mais assertivas. Isso acontece porque colocamos todos na mesma página, com clareza para trabalhar juntos por um resultado de excelência educacional a partir de estratégias concretas que endereçam os desafios mapeados”, finaliza.

Mais informações sobre o GEduc: www.geduc2019.com.br

Link curto desta publicação: https://sland.info/2UAuXvH
Mostrar mais

Publicações da mesma editoria e/ou vista no instagram