Curta metragem Mecânica da Sombra será exibido em São Paulo

Após passar por África e Reino Unido, o curta metragem Mecânica da Sombra será exibido em maio na biblioteca e espaço cultural Taperá Taperá, em São Paulo. É a terceira exibição do trabalho no Brasil, que foi finalizado em agosto do ano passado. O evento ocorre no dia 16 de maio às 19h30 e será seguido de debate com membros da equipe.

A produção independente, estrelada por Alberto Pereira Jr. (Moacir), aborda o sentimento de não pertencimento, a solidão e o ato de manter acesa a conexão e comunicação com raízes internas; de acordo com o diretor Gabriel Mendes da Costa, o curta foi uma forma de expressar um sentimento de mal estar presente na dinâmica de algumas relações.

“A ideia da sequência inicial me atingiu e ficou presa na minha memória por algum tempo, como uma espécie de fratura. Depois disso, comecei a sentir e observar um mal estar coletivo, especialmente em relação a não se sentir parte de nenhum ambiente coletivo e não compreender esse mal estar que vem de dentro pra fora.”

O filme foi exibido e selecionado em festivais no continente africano (InShort Film Festival) e na Europa (Lift Off Sessions), além de ter conquistado o Prêmio de Júri Popular no ACA Film Low Filme Festival, festival paulistano que ocorre anualmente. O filme teve sua estreia brasileira aberta ao público no Matilha Cultural, em dezembro do ano passado e agora retorna a São Paulo.

A produtora e assistente de direção Tayane Capelo conta que o fato da equipe ser formada por profissionais de seis cidades diferentes, contribuiu para que o conceito do filme se tornasse uma experiência mais viva. ​“Formamos uma equipe muito plural, não só em relação a habilidades, mas também em origens e histórias de vida, ponto que se relaciona muito com o que o filme propõe e, por isso, foi muito importante em todo a produção. Acabamos criando um vínculo em que pudemos explorar todo o processo como se aquilo fizesse parte de nós.”

Link curto desta publicação: https://sland.info/2V9UU4O
Mostrar mais

Publicações da mesma editoria e/ou vista no instagram

Você também pode gostar

Fechar