Di Ferrero disponibiliza primeiras músicas de projeto acústico, Sinais Sessions

Nos últimos dois anos a vida artística de Di Ferrero deu uma guinada de 180º. A turbulência natural – e até gostosa pela adrenalina gerada – ao experimentar um novo caminho o conduziu a esta ilha de tranquilidade que ele começa a soltar na forma de “Sinais Sessions”. A primeira leva de canções, que saem pela Universal Music, traz parceria com o rapper Rashid.

Clique aqui para ouvir.

Após apertar o botão de pause na bem-sucedida trajetória como frontman do NX Zero, Di lançou em 2017 o primeiro single solo, “Sentença”. Era um novo artista, sem medo de experimentar gênero e formato novos.

Isso o levou ao álbum “Sinais (Parte 1)”, em julho deste ano. Como o próprio nome entrega, até que venha a Parte 2 do trabalho, ele se diverte com amigos e artistas com quem já queria trabalhar há longa data.

* Leia também:  Festival de gastronomia em Orlando tem edição recorde de restaurantes e conta com menu de três pratos a preço fixo de US$35

“Quando lancei a primeira música (“Sentença”), ela foi surpreendentemente bem. Pensei que poderia ser pela novidade e tal. Mas com o tempo fui ganhando mais segurança como artista solo, encontrei um formato para show e entrei num fluxo criativo que gerou as sessions”, diz.

O formato é quase o de uma jam. Di convida o artista, escolhe uma canção do repertório deste, outra da sua própria obra solo ou com o NX Zero que tenha encaixe e mais o que acontecer na hora.

Do disco “Sinais (Parte 1)”, Di selecionou “Outra Dose”, originalmente um pop que flertava com reggaeton, “mas que tem uma letra bem cotidiano. Tinha a cara de um rapper cantando”. Funcionou na divisão melódica de vocais e no desenvolvimento harmônico.

* Leia também:  Fernando & Sorocaba assinam contrato com a Sony Music

O primeiro set de “Sinais Sessions” traz um clássico do NX Zero, “Razões e Emoções”, conduzida por Di no vocal e violão. A sessão foi gravada no Morro da Urca, no Rio de Janeiro, a céu aberto de dia.

O registro com Rashid ainda tem “Bilhete”, do repertório do rapper. É uma música que o ex-parceiro de Emicida (que até trabalhou com Di no “Projeto Paralelo”) gravou em 2010, com Fióti. Virou um Soul com R&B cheio de suíngue, baixo gordo e vocal melódico para Di, métrica rap para Rashid.

“Eu já tinha feito uma brincadeira com essa música ao vivo. Toquei, encaixei um trecho da letra de ‘Uma Gota no Oceano’ (NX Zero) e deu certo. Aí decidi que um dia a gravaria”, conta

* Leia também:  Jennifer Lopez anuncia lançamento de música inédita em prêmio

A canção será lançada em segunda leva do “Sinais Sessions”, que terá sequência com a banda de reggae Maneva, no mesmo formato e local, em mais três canções. Completa as sessions o cantor de rap e hip hop Vitão. “Com o Maneva a ideia bateu no primeiro papo. E o Vitão eu vi nascer para a música”, explica as escolhas. E até que venha “Sinais (Parte 2)”, a entressafra promete mais uma colheita, mas dessa vez em estúdio. Vitor Kley e Thiaguinho são os convidados para embarcarem na viagem de Di. “A idéia é trocar com os artistas. Cantamos uma minha, uma deles e o que mais a gente quiser. Pretendo fazer isso em vários lugares”, promete.


Link curto desta publicação: https://sland.info/35wFAFe
Tags
Mostrar mais

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative o seu Adblock para um melhor funcionamento do site.
Abrir Chat
1
Precisa de ajuda?
Olá, tudo bem?
Como podemos ajudar?
Powered by