Instituto Avon anuncia parceria e patrocínio ao Canal Ligue Câncer Oncoguia para apoio a pacientes no contexto da pandemia

Antes mesmo do surgimento dos primeiros casos de Covid-19 no Brasil, o medo e a demora para buscar ajuda em casos de suspeita de câncer de mama já significavam barreiras para o diagnóstico precoce. Mas a pandemia tem agravado ainda mais esse cenário. A insegurança sobre o risco de contágio, a necessidade de priorização de pacientes e a redução de equipes de saúde são alguns desses entraves que ameaçam a saúde das mulheres. Segundo uma pesquisa online do Instituto Oncoguia realizada com pacientes oncológicos, em maio desse ano, para 43%, os impactos da pandemia refletiram em adiamento de procedimentos, cancelamento ou dificuldade para marcar consultas.

Para reduzir o impacto das medidas de mitigação dos casos de coronavírus sobre o processo de diagnóstico e tratamento oncológico, o Instituto Avon firmou um patrocínio ao Canal Ligue Câncer, Programa Nacional de Apoio ao Paciente com Câncer, do Instituto Oncoguia, que atua desde 2012 no atendimento especializado e personalizado focado prioritariamente no esclarecimento de dúvidas relacionadas à qualidade de vida e direitos dos pacientes. O objetivo da parceria é apoiar os atendimentos relacionados com o tema câncer de mama, que hoje representam cerca de 30% da demanda do serviço, especialmente na continuidade do apoio e tratamento, mesmo no contexto de pandemia.

* Leia também:  Tarde doação e muita diversão no NACC

“Com a atenção voltada para o combate ao coronavírus, outras doenças urgentes, como o câncer, estão perdendo espaço de comunicação e a atenção da sociedade. Desse modo, essa parceria foi pensada para reforçar a importância do assunto mesmo durante a pandemia e dar continuidade aos serviços de diagnóstico e tratamento da mulher com câncer de mama. Além disso, é uma oportunidade para ampliar a divulgação dos serviços de orientação, apoio e encaminhamento oferecidos pelo Canal Ligue Câncer por meio dos canais de comunicação da Avon e de nossas milhares de revendedoras que atuam em todos os municípios do país”, reforça Daniela Grelin, diretora executiva do Instituto Avon.

* Leia também:  Recife ganha festa de lançamento para apresentação dos novos modelos da Audi

Com o objetivo de ajudar o paciente com câncer a viver melhor, por meio de orientação de qualidade, o programa atende também familiares, público leigo e profissionais em geral. “É muito importante contar com parceiros que vão nos ajudar a garantir que o nosso trabalho chegue mais longe e mais perto de quem realmente precisa, ou seja, os pacientes de câncer que enfrentam inúmeros desafios diante do diagnóstico e do tratamento. Essa jornada pode ser mais leve e menos dolorida com o apoio e orientação personalizada do Ligue Câncer”, relata Luciana Holtz, presidente do Instituto Oncoguia.

Há 17 anos, desde a fundação, o Instituto Avon desenvolve iniciativas que contribuem com a detecção precoce do câncer de mama. No total, foram investidos R$ 86 milhões para o desenvolvimento de 161 projetos e doação de 51 mamógrafos e 32 aparelhos de ultrassom. Por meio destas doações, mais de 2.3 milhões de mamografias e 471 mil ultrassonografias de mama foram realizadas e 38.5 mil diagnósticos positivos feitos.


Link curto desta publicação: https://sland.info/39cnECD
Tags
Mostrar mais

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative o seu Adblock para um melhor funcionamento do site.