TAG Heuer completa a história do Monaco com a quinta edição de aniversário, representando 2009 a 2019

Com sede em La Chaux-de-Fonds, a TAG Heuer opera em quatro unidades de produção que dominam todo o processo de fabricação de relógios e está presente em todos os continentes, com 4.500 pontos de venda, incluindo 170 boutiques, agora disponíveis diretamente em vários países, em www.tagheuer.com.

Cara Delevingne (Imagem: Divulgação)
  • A TAG Heuer apresentou o último relógio de uma série de cinco modelos de edição limitada para marcar o 50o aniversário do Monaco.
  • A quinta peça de colecionador foi inspirada nos códigos e tendências de design da década passada (2009 a 2019).
  • As peças anteriores incluíram o primeiro relógio (edição da década de 1970), apresentado durante o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1, o segundo relógio (edição da década de 1980), revelado em Le Mans, o terceiro relógio (edição da década de 1990), apresentado antes do Campeonato de Fórmula E em Nova York, e o quarto relógio (edição do início da década de 2000), que estreou em um evento em Tóquio.
  • A quinta peça exclusiva foi apresentada em Xangai, na presença dos embaixadores da marca, Cara Delevingne e Li Yifeng, de Stéphane Bianchi, CEO da Divisão de Relojoaria da LVMH e da TAG Heuer, e Frédéric Arnault, Diretor Digital e de Estratégia da TAG Heuer.

Após os quatro eventos anteriores que comemoraram o 50o aniversário do icônico TAG Heuer Monaco durante 2019, a fabricante suíça de relógios de luxo concluiu as festividades com a apresentação da quinta e última edição especial em uma comemoração imersiva no Space Plus, em Xangai.

Na entrada, os convidados eram imediatamente imersos no universo do Monaco e descobriam “caixas do tempo” (cápsulas do tempo personalizadas que os transportavam para as quatro décadas representadas pelas peças de aniversário do Monaco) na área de recepção. Após um vídeo de abertura apresentando a coleção Monaco e um espetacular show de luzes e sombras, Após um vídeo de abertura apresentando a coleção Monaco e um espetacular show de luzes e sombras, os embaixadores da marca, Cara Delevingne e Li Yifeng, revelaram o quinto relógio da edição limitada de aniversário do Monaco, que presta uma homenagem à segunda década do século XXI.

Imagem: Divulgação

O quinto relógio da edição limitada de aniversário do Monaco, que presta uma homenagem à segunda década do século XXI.

* Leia também:  TAG Heuer acrescenta dois novos modelos à coleção Aquaracer

O cenário ultramoderno do evento e suas etapas destacaram ininterruptamente seu tema de inovação e desempenho. No mundo em ritmo acelerado de hoje, a China está sempre à frente de seu tempo e, portanto, foi o local perfeito para incorporar e simbolizar a inovação técnica e precisão do Monaco.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Cinco relógios capturando 50 anos de história

Para homenagear o marco de 50 anos, a TAG Heuer lançou cinco novos modelos do Monaco que capturam o espírito do design de cada década desde o lançamento do original, em 1969. Esse evento em Xangai marcou a apresentação do quinto e último modelo da série. O primeiro deles, com inspiração no período de 1969 a 1979, foi exibido pela primeira vez no Grande Prêmio de Fórmula 1 de Mônaco, em maio, e o segundo, que celebra os anos de 1979 a 1989, foi apresentado em junho, em Le Mans, na França. A terceira edição do relógio Monaco, inspirada na década de 1990, fez sua grande estreia em Nova York, em julho. A quarta edição, homenageando o estilo elegante da década de 2000, recebeu consagração internacional após ser lançado em um evento em Tóquio, em setembro.

Monaco moderno e minimalista

Distinta e descomplicada, a edição limitada do Monaco que captura a década mais recente (2009 a 2019) do ícone da medição do tempo representa o estilo simples e o design elegante dos objetos cotidianos de luxo. Apresentado com uma pulseira de couro preto perfurado com forro preto e costura cinza, esse modelo tem uma caixa de aço inoxidável não convencional tratada com jato de areia e acionadores polidos. O mostrador cinza-escuro com padrão de raios de sol é adornado com índices pretos folheados a ouro com SuperLuminova®. Os contadores banhados a ródio também apresentam um efeito reluzente de raios de sol. Para um aprimoramento dinâmico e atraente, os ponteiros dos contadores e o ponteiro de segundos central são em vermelho vivo, assim como o marcador na posição das 12 horas do mostrador. Os ponteiros de horas e minutos pretos folheados a ouro têm uma tira de SuperLuminova® para assegurar a legibilidade em quaisquer condições.

* Leia também:  TAG Heuer Apresenta: TAG Heuer Carrera 'Dato 45' HODINKEE Limited Edition

Da mesma forma que o original, os acionadores ficam à direita da caixa e a coroa polida à esquerda: um traço nada convencional que distingue o Monaco há 50 anos.

O fundo da caixa desse relógio de pulso inspirado na década de 2010 é gravado com o logotipo original “Monaco Heuer”, assim como com as inscrições “2009-2019 Special Edition” e “One of 169”. Esportivo e com design inspirado no modelo original, o fundo da caixa de aço inoxidável tem acabamento escovado polido, vertical e circular. A caixa abriga o renomado Calibre 11, versão moderna do movimento de cronógrafo com corda automática que estreou no Monaco original, em 1969. Este relógio foi produzido em edição limitada a 169 peças.

Uma retrospectiva de 50 anos do TAG Heuer Monaco e do Calibre 11

Ao ser lançado em coletivas de imprensa simultâneas em Nova York e Genebra, em 3 de março de 1969, o Heuer Monaco (TAG ainda não fazia parte do nome da empresa naquela época) surpreendeu jornalistas e aficionados por relógios em todo o mundo. Com sua caixa quadrada resistente à água absolutamente inédita, o design ousado e emblemático do Monaco tornou-o instantaneamente reconhecível.

O design do relógio foi o complemento perfeito para a tecnologia avançada que a relojoeira suíça estava apresentando à época. Desenvolvido e comercializado pela Heuer, o Calibre 11 foi o primeiro movimento mecânico cronógrafo com corda automática do mundo.

Jack Heuer, então CEO da Heuer, acreditava que essa inovação revolucionária exigia um design que chamasse atenção. E foi exatamente o que o Monaco fez.

Em 1971, o Monaco foi exibido no pulso de Steve McQueen, o “Rei do Cool”, no filme Le Mans.

O Paradoxical Superstar

Ao longo das duas últimas décadas, o Monaco foi fortemente associado à alta relojoaria, com outras versões com novas complicações, designs e materiais. Na medida em que evolui, o relógio mantém o espírito revolucionário que o tornou, ao mesmo tempo, escandaloso e famoso. Toda a história desse ícone é contada no novo livro Paradoxical Superstar, que inclui trechos de arquivo e rascunhos dos designs e movimentos. O escritor e jornalista britânico Nicholas Foulkes, o especialista em relógios Gisbert Brunner e o escritor americano Michael Clerizo contribuíram com capítulos que capturam a tradição e a inovação que definem o Monaco. Enfatizando o vínculo entre o relógio e a cidade homônima, S.A.S. Príncipe Albert II de Mônaco escreveu o prefácio do livro.

* Leia também:  New Balance traz modelo 850 para o Brasil

FATOS E NÚMEROS

EDIÇÃO LIMITADA MONACO 2009-2019

MOVIMENTO
TAG Heuer Calibre 11 automático, diâmetro de 30 mm, 59 joias, balanço com oscilação à frequência de 28.800 vibrações por hora (4 Hz), reserva de marcha de 40 horas

FUNÇÕES
Cronógrafo com segundos e minutos; data, horas, minutos e pequeno contador de segundos nas 3 horas; contador de cronógrafo de minutos nas 9 horas; ponteiro central de cronógrafo de segundos

CAIXA
Diâmetro de 39 mm, caixa e bisel fixo de aço inoxidável tratado com jato de areia, cristal de safira, coroa de aço inoxidável polido nas 9 horas e botões de pressão nas 2 e 4 horas, resistente à água até 100 metros (10 bar), fundo da caixa de aço inoxidável com as inscrições “2009-2019 Special Edition” e “One of 169”

MOSTRADOR                         
Mostrador escovado cinza-escuro com padrão de raios de sol, contadores com padrão de raios de sol banhados a ródio, preto folheado a ouro, polido, índices aplicados facetados, ponteiros de horas e minutos pretos folheados a ouro, toques em vermelho nos ponteiros pequenos e no índice de 12 horas, ponteiros de horas e minutos e índices luminescentes

PULSEIRA

Pulseira de couro preto, fecho de fivela tratado com jato de areia de aço inoxidável

Edição limitada a 169 relógios

EMBALAGEM ESPECIAL
Como o próprio relógio, o estojo do relógio também é inspirado no modelo original. Cada um dos modelos da edição especial é apresentado em um estojo em cores combinando com o relógio e a década que ele representa. O modelo inspirado na década de 2010 é embalado em um estojo azul escuro, decorado com o logotipo da Heuer e uma lista horizontal de padrão xadrez. O relógio é colocado sobre uma almofada cinza e o interior do estojo é preto.

Link curto desta publicação: https://sland.info/34a0adE
Mostrar mais

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, desative o seu Adblock para um melhor funcionamento do site.